.

14.5.10

ADORÁVEIS ANIMAIS






Apalavra doar-se sugere cuidar, tratar, presenciar, ou seja, significa estar presente, se preocupar, garantir o bem estar daquele que se pretende cuidar.
O fato de se manter um animal em uma residência não significa que ele esteja sendo bem cuidado. Muitos animais passam a maior parte do tempo engaiolados, enjaulados, acorrentados ou largados em algum canto de um quintal. Uma prisão domiciliar que estressa o animal e que lhe traz muitas doenças, inclusive agressividade. A maior parte das agressões são de níveis verbais, as pessoas xingam seus animais, outras agressões são acometidas quando o dono do animal, a fim de treiná-lo, o ostenta, batendo em seu corpo e o condicionando à agressividade em troca do alimento. Acabamos entendendo que o animal é perverso, mas de fato o animal apenas traduz a “ignorância” de seu dono.
Animais bem cuidados são criaturinhas felizes, cheias de charme e de fato grandes companhias. Animais acalmam pessoas, proporcionam um bem estar enorme ao ego humano e essas criaturas ensinam a maior das lições, que o mais importante é a presença afetuosa.
E se alguém ainda duvida disso, repare nas grandes cidades quem são as melhores companhias dos moradores de ruas, certamente você verá um ou mais animais em grande harmonia com seu dono.
Os animais domésticos como cães, gatos, pássaros têm um prazer enorme em estar na companhia de seus donos, eles só precisam de um prato de comida, um pouco de água e muito carinho. Animais bem tratados reconhecem e agradecem seus donos da forma mais terna e também corajosa, defendendo-os arduamente.




Muitas vezes pessoas tratam animais como se fossem humanos e os coitadinhos ficam à mercê de seus caprichos. Importante seria pessoas respeitarem cada identidade, animal é bicho, suas necessidades são de animal, todo o resto é necessidade do dono. Claro que um agrado é saudável, mas colocar o animal no lugar de gente é crueldade com o bichinho.
Atualmente muitas nomes próprios de pessoas são colocados em animais, as vezes gera desavenças ou atritos em pessoas que não entendem a homenagem. Importante é ampliar a visão sobre isso, nem sempre é saudável colocar tais nomes. Apesar da liberdade que todos possam ter em tais escolhas, aqui fica só como uma recomendação, cuidado para não ferir o ego de outrem.
A importância de animais nas recuperações de enfermos é factual, a presença afetiva desses bichinhos garante um bem estar necessário para a rápida melhora em doenças cujas parte emocional ou a motricidade estejam afetadas. As crianças e idosos são as mais receptivas, o que não quer dizer que outras faixas etárias não necessitem, mas geralmente são pouco lembradas, contudo se beneficiam tanto quanto.
Os animais doentes também se beneficiam com a presença de alguém mais afetuoso, recuperam-se com maior facilidade e com menos tempo do que os abandonados.






O abandono acontece tanto dentro de uma casa quanto nas ruas. Pessoas descomprometidas com os animais podem achar que basta um lugarzinho para eles ou quando aborrecidos pela presença do animal ou mesmo tenham que cuidar deles por algum problema qualquer os jogam literalmente nas ruas. Essa é uma dura realidade que acontece freqüentemente. A dor do animal é tão grande quanto a de uma pessoa, pior é que ele não tem a liberdade e o direito de se expressar como realmente gostaria. O animal é de todo valente, mesmo largado ele tenta se virar e procura um lugar qualquer, um abrigo, uma comida qualquer, um alento, mesmo machucado tenta se aproximar de quem o chama ou segue pelas ruas alguém que não lhe apresente repulsa. O olhar do animal é todo pedinte, as vezes podemos ver lágrimas contidas, as vezes um gemido de dor ou de pedido de ajuda. Animais dão sinais e se a gente prestar a devida atenção saberemos que abandonar é de total despropósito, visto que, são essas criaturinhas lindas que nos tem carinho e por tão pouco nos faz verdadeira companhia.
Existem aqueles que de alguma forma se apaixonaram pelos animais, que ajudam de toda a maneira, recolhem animais, lhes dão assistência médica, alimentam, dão carinho e amor. Cuidam de tantos ao mesmo tempo e tentam achar um lugar, um lar bom para esses que por algum motivo foram parar em lugares pouco apropriados para eles.
As doações acontecem e devem ser divulgadas para que esses animais tenham condições de sobrevivência digna e cheia de carinho.
Doar-se então ainda é o melhor dos cuidados, algo simples de se entender, mas que parece ter se perdido na vida humana. Um bom cuidador é um grande companheiro, talvez o melhor de todos.
TRATEMOS BEM NOSSOS ANIMAIS, ELES NOS TEM AMOR E POR TÃO POUCO SE TORNAM GRANDES COMPANHEIROS!














TEXTO: Arlete Bistocchi

18 Comentários:

  • Agradeço a gentileza de divulgar o texto, a natureza humana está cada vez mais distante de todo o resto do universo, precisamos acordar para o fato de que muitas de nossas ações, bem como a falta delas causam danos, por outro lado, se a consciência imperar, causarão muitas mudanças, boas mudanças. Obrigada!

    Por Blogger Arlete Bistocchi, às 3:13 PM  

  • Arlete eu amei esse site pq eu amo os animais so nao crio um monte pq mamae nao deixa mais quando vejo esses fofinhos fico louca pra possuir
    parabens por essa sua valorizaçao a esses bichinhos que muitas vezes sao judiados por pessoas que nao tem amor nem a sim proprio principalmente a um animalzinho inofensivo parabens te adoro beijos

    Por Blogger meuri, às 4:26 PM  

  • Apalavra doar-se sugere cuidar,
    Arlete você ja dissi tudo
    Se o homem soubesse amar mais
    Avida seria bem diferente,
    Os animais faz parte da natureza e eu por ser amante da vida amo qualquer ser.
    Seja ela humano ou animal
    Eu crio três cachorros lindos
    como que eles fossem pessoas.
    Beijos parabens por esse trabalho
    isso prova oquanto você é humana.

    Por Anonymous Marcelo silva, às 5:02 PM  

  • Parabens Arlete, adorei a matéria. Nós seres humanos deveríamos amar mais, sou totalmente contra o abandono e as agressões. Tenho dois cachorrinhos e os amo de paixão, eles fazem a diferença na minha família. Beijos amiga.

    Por Blogger Deborah A Rodrigues, às 6:13 PM  

  • Que legal saber de vocês. As vezes damos carinho e amor as pessoas e elas simplesmente ignoram nossos gestos, já os animais, nunca ouvi falar que fossem assim, quanto mais carinho mais eles nos devolvem. Um exemplo a ser seguido pelos humanos. Obrigada Dora e amigos.

    Por Blogger Arlete Bistocchi, às 6:45 PM  

  • Querida Arlete, como sempre, qto amor encontro em suas palavras!
    Vc tem sempre a preocupação de trazer luz e beleza p/ nossos olhos e nossas almas, e eu adoro isso. Sou uma beneficiada, e tb privilegiada p/ contar c/ seus textos e suas fotos. Bjs, e obrigada!

    Por Blogger Regina Lucia, às 7:07 PM  

  • oi migucha, vc como sempre super preocupada com o amor no sxentido amplo da palavra, eu amo animais, e concordo que sóm deve tê-los quem sabe o que é se dar, se doar, sem nada precisar nem pedir. os meus cuido , e amo pq tenho esse sentimento em mim.mas vc há de convir, se crianças estão expostas ao espelhamento de pais incoerentes e inconscientes que dirá , um cãozinho, um gatinho, até mesmo um passarinho. vamos divulgar o texto e pq não criar um debate no seu blog, sobre filhos animais. bjosw amiga, sucesso, nessa sua nova investida.

    Por Anonymous rose nanci - conversa afiada, às 9:34 PM  

  • Arlete, vc foi muito feliz neste texto.Eu tive vários bichinhos ao longo da minha vida. Só não os tenho agora.
    Meu último filhinho foi um pinscher, chamado BABY.
    Nunca recebi de humanos, tanto carinho e atenção como dele. Era minha sombra.
    E como filho de peixe, peixinho é, ele tinha muitos problemas de amigdalite como eu, na infância.
    Ele sempre me esperava na porta quando eu chegava do trabalho. Às vezes não fazia isso. Ficava amuado no seu cantinho.
    Eu ia direto conferir o seu focinho e tava com febre. Na mesma hora eu o pegava e corria para o veterinário. Depois de medicado voltava ao lar e eu não sossegava enquanto não o via fazendo travessuras.
    Como era bom, o meu Baby!!!
    Quem se propõe a ter um bicho deve estar ciente das suas responsabilidades para com ele.
    Se for prá maltratar, por favor não o adotem.
    Isso é um crime e me dói na alma.
    Parabéns pela iniciativa Arlete!

    Por Blogger nsr288, às 1:08 AM  

  • Fico cada vez mais contente com palavras positivas. O mundo já está todo complicado com pensamentos de derrotas. Sinceramente se nós não conseguimos cuidar de um animal que nos exige tão pouco, como um dia conseguiremos cuidar bem de pessoas. Aqui refletimos juntos e quem sabe muitos possam fazer o mesmo em suas vida. Nunca é tarde para se mudar o mundo e as pessoas que nele habitam. Beijos de obrigada, sempre!

    Por Blogger Arlete, às 2:19 PM  

  • Querida amiga, parabéns pelo belíssimo texto e iniciativa esclarecedora. É urgente a conscientização do ser humano a cerca das questões que abordam o cuidado com os animais. Eu penso que devemos enxergar os animais como um de nós, não nos esquecendo de que somos também animais humanos; nossa capacidade de raciocínio e expressão não faz de nós criaturas melhores, mais evoluídas ou mais merecedoras de atenção. Ao contrário, devemos usar nossa inteligência de maneira responsável, melhorando a qualidade de vida para TODOS ao nosso redor, e isso inclui o cuidado com os animais. Os animais são como nós, sentem dores físicas e emocionais, são seres criativos e inteligentes e extremamente afetuosos. Como nós, os animais necessitam de afeto, água, alimento, um ambiente seguro, higiênico e saudável para se desenvolverem. Além disso, necessitam de tratamento médico quando doentes e cuidados preventivos como vacinas. Aquele que resolver ser um protetor deve ser consciente disso e deve amar esses seres magníficos que tanto tem a nos ensinar. Não sejamos donos de animais, pois os animais não são objetos, sejamos PROTETORES, sejamos criaturas a serviço do bem, sejamos formadores de opinião auxiliando o ser humano que ainda se encontra na sombra da ignorância a vislumbrar nossa responsabilidade social. Se somos seres humanos como costumamos dizer, que sejamos de fato "HUMANOS" no pleno sentido da palavra que traz em seu cerne a ética e o amor.

    Por Blogger Ale, às 8:54 PM  

  • Eu sonho com o dia em que o ser humano olhará um animal e verá nele uma extensão do seu próprio ser, sonho com o dia em que alcancemos a capacidade de amar incondicionalmente, capacidade essa que os animais demonstram a todo instante e que nós em nossa arrogância e cegueira emocional ainda não fomos capazes de aprender.

    Por Blogger Ale, às 9:09 PM  

  • Muito bom Arlete, gostei muito do texto, e foi um grande prazer
    publica-lo beijos Dora

    Por Blogger Doroty Dimolitsas, às 2:49 AM  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Doroty Dimolitsas, às 2:49 AM  

  • Amei teu comentário Alê, vc tem razão, não deve haver diferenças e sim extenções de nós mesmos. Os animais são precisos e preciosos e nós temos que cuidar deles, assim como devemos cuidar da natureza porque eles sempre nos recebem(cuidam) tão bem.

    Dora você mora no meu coração, sempre tão gentil e prestativa. Quem te conhece sabe o quanto você faz pelo outro, independente de quem sejam. Você é adorável.Obrigada pela oportunidade.Beijos

    Por Blogger Arlete, às 6:19 PM  

  • Querida Arlete, sou suspeita em relação à este assunto, justamente por ter verdadeira paixão pela natureza.
    Uma das mais fascinantes magia que a compõe, são nossos animais. Respeito a Natureza e admiro quem o faz, este é o mínimo que podemos oferecer, diante de tanta nobreza e ao mesmo tempo de tanta simplicidade que ela nos oferece. Ainda temos muito o que aprender com nossos animais, pena que muitas pessoas ainda não se deram conta disso. Na verdade, nunca achei que o animais aprendem conosco, acho que temos muito mais que aprender com eles !
    Eles são exemplos de sinceridade, lealdade, dignidade para todos nós !

    Um Beijo enorme

    Por Anonymous Rosana Costa Branco, às 4:05 PM  

  • Querida Arlete,

    Sou suspeita em relação à este assunto, justamente por ter verdadeira paixão pela natureza.
    Uma das mais fascinantes magia que a compõe, são nossos animais. Respeito a Natureza e admiro quem o faz, este é o mínimo que podemos oferecer, diante de tanta nobreza e ao mesmo tempo de tanta simplicidade que ela nos oferece. Ainda temos muito o que aprender com nossos animais, pena que muitas pessoas ainda não se deram conta disso. Na verdade, nunca achei que o animais aprendem conosco, acho que temos muito mais que aprender com eles !
    Eles são exemplos de sinceridade, lealdade, dignidade para todos nós !

    Um Beijo enorme

    Por Blogger Rosana, às 4:09 PM  

  • Arlete querida obrigada
    sempre que você quiser publicar alguma boa materias pode me mandar
    que publicarei com prazer beijos querida Dora

    Por Blogger Doroty Dimolitsas, às 12:53 AM  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Doroty Dimolitsas, às 12:53 AM  

Postar um comentário

<< Home